quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Saudade - Pablo Neruda

Saudade

Saudade é solidão acompanhada,
é quando o amor ainda não foi embora,
mas o amado já...

Saudade é amar um passado que ainda não passou,
é recusar um presente que nos machuca,
é não ver o futuro que nos convida...

Saudade é sentir que existe o que não existe mais...

Saudade é o inferno dos que perderam,
é a dor dos que ficaram para trás,
é o gosto de morte na boca dos que continuam...

Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade:
aquela que nunca amou.

E esse é o maior dos sofrimentos:
não ter por quem sentir saudades,
passar pela vida e não viver.

O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido.




SI TU ME OLVIDAS  -  PABLO NERUDA


Para Viver Um Grande Amor - VINICIUS DE MORAES



  

Para viver um grande amor
Precisa muita concentração e muito siso
Muita seriedade e pouco riso
Para viver um grande amor

Para viver um grande amor
O mistério é ser um homem e uma só mulher
Pois ter muitas, pôxa, é prá quem quer
Não tem nenhum valor

Para viver um grande amor
Primeiro é preciso sagrar-se um cavalheiro
Ser de sua dama por inteiro
Seja lá como for

Há de fazer do corpo uma morada
Onde enclausure-se a mulher amada
Postar-se de fora como espada
Para viver um grande amor

Para viver um grande amor
Não basta apenas ser um bom sujeito
É preciso também ter muito peito
Peito de remador

É sempre necessário, pelo visto,
Um crédito de rosas num florista
E mais, muito mais que um modista
Para viver um grande amor

E tampouco saber fazer cozinhais
Ovos mexidos com arroz, sozinhas, molhos
Filés com fritas, comezinhas para depois do amor,
E o que há de melhor que ir prá cozinha
E preparar com amor uma galinha e uma gostosa farinha
Para o seu grande amor

Para viver um grande amor,
É muito, muito importante viver sempre junto
E até ser, se possível, um só defunto
Para não morrer de dor

É preciso um cuidado permanente,
Não só com o corpo mas também com a mente
Pois qualquer baixo seu a amada sente
E esfria um pouco o amor

Vinicius de Moraes


SONETO DE FIDELIDADE   -  VINICIUS DE MORAES



terça-feira, 30 de agosto de 2011

Amor ferido... Cristal Solitário "POETA DOS SONHOS"


 Amor ferido...




Quando a criança ainda no ventre da sua mãe é expurgada como lixo 
o amor é ferido
Quando o ancião é jogado em qualquer deposito de velhos e esquecido por seus entes queridos,
o amor é ferido
Quando vemos um irmão pelas ruas  pedir migalhas para alimentar-se e nada fazemos,
o amor é ferido.
Quando os filhos agrediram os pais em gestos palavras ou atos,
o amor é ferido
Quando o homem lança-se ao mundo da prostituição,
o amor é ferido
Quando o ser humano pouco se importa com seu próximo ferindo seus sentimentos,
o amor é ferido
Quando  um ser tira covardemente a vida de seu irmão,
o amor é ferido
Quando o homem entrega-se somente ao materialismo,
o amor é ferido
Quando a natureza é agredida pelo homem,
o amor é ferido
Quando o pequeno animal indefeso é abandonado pelo homem,
o amor é ferido
Quando a flor é pisada sem importância,
o amor é ferido
Quando o pássaro é morto sem piedade,
o amor e ferido
Quando enfim o homem nega a existência de Deus,
então certamente o amor sucumbiu!


Cristal Solitário

"POETA DOS SONHOS"

                                             Amor Perdido   -   by   Jamal


Amanhã sorrirás outra vez! rivkahcohen


 
Amanhã sorrirás outra vez!
rivkahcohen



Ei... não faz assim!
A quem importa se tua alma chora
ou deixa de chorar?
Poucos serão os que te estenderão a mão,
mas esses valerão por vida inteira,
pois são almas que essa vivência não é a primeira
e já aprenderam a somar.

Olha p'ra mim!
Essa expressão eu conheço
já vi ainda no berço
só não entendia o quê e porquê
faziam alguém se consternar!
Olha...
dói no meu peito a tua dor..
Seja ela qual for,
mas nunca deves te entregar!

Respira fundo...
Ainda vamos ver um mundo
onde será bom habitar,
mas antes,
não sejas menos um,
volte a acreditar!

Já vi de tudo nessa vida..
já chorei por morte
Doeu-me tantas despedidas
e justo eu, te asseguro
se hoje vês um mundo escuro,
amanhã ele já não estará!

Um dia me disseram
e hoje
é minha vez de dizer:

AMANHÃ SORRIRÁS OUTRA VEZ!

                 Quero estar na sua vida   -  Lilian Poesias

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Dor estranha, -Cristal Solitario



Dor estranha,


Que dor é esta que me toma o corpo dilacera minha alma,
me faz fraco, jogando-me a margens da solidão.
Que dor é esta capaz de tirar minha respiração
fazer-me de vivo me sentir zumbi,
que dor é esta que faz com que cada lagrima a roçar a face
seja tão pesada que penetre em meu sangue.
Que dor é esta que me faz covarde perante os obstáculos
 entregando-me sempre sem esboçar nenhuma reação.
Que dor é esta que me faz ficar entre as sombras do bosque,
enquanto lá fora corre a luz a minha procura...
Ah esta dor agora sei qual é...
É a dor de não ter-te em meus braços ,
e a dor da distancia,
é a dor do seu desprezo meu anjo picante!

Cristal Solitario
POETA DOS SONHOS
Cavalgada -  Roberto Carlos

Amarga distancia...Cristal Solitario e AH! DISTÂNCIA AMARGA - SUELYDAM









Amarga distancia...
Cristal Solitário


O dia que se fez,
trouxe-me a esperança de sentir-te mais perto de mim,
e conhecer pouco mais de você,
a cada minuto a sua procura a resposta
sempre este silencio dominante que me entristeceu a alma.
Seria mágico meu dia se pudesse ter sentindo-te mais perto,
no encanto transformou-se em mais um daqueles muitos dias de solidão
onde a procura do leito é para refugio
quando o corpo a pele a alma em chamas de desejo permanece,
o sonho de colocar minhas mãos nas tuas,
olhar para dentro do teu ser,
fosse num jantar a velas,
ou a beira do mar com simples petiscos,
contidos nesta noite apenas a mágica...
Mas quem sabe um dia
 o coração bata forte os olhos se cruzem
e ao final...
 meu leito não ouvira meu choro
e sim nossos gemidos de prazer...


Cristal Solitário
"POETA DOS SONHOS"
______
  



AH! DISTÂNCIA AMARGA
Caminhos pararelos que não se cruzam
estradas cujo final são encruzilhadas
poeiras diferentes que soltam fuligem
numa história triste e desencantada
Seguimos caminhos tortos e diferentes
nossa jornada seguem outras trilhas
 mãos não alcançam por mais que tentemos
e já caminhamos por muitas milhas
Ah! distância amarga que não vejo fim
já judiou demais desse triste coração
já sangrou cada pedaço de mim
na dura escalada dessa evolução
Não vejo a hora de ver chegar
o término dessa escada tão alta
para podermos dividir o mesmo palco
e sentirmos juntos as luzes da ribalta!
Enfim seremos únicos, unos e nós
SUELYDAM


Os sentidos e o amor ..Heloisa


Os sentidos e o amor
Olhar,
desenhar na memória
a figura amada
gravar na retina
cada detalhe,
cada marca,
cada sinal.
Tocar,
sentir
a textura da pele,
conhecer
a geografia do corpo,
desvendar
as fontes do prazer.
Cheirar,
embriagar-se
com o perfume do amor,
impregnar-se
dos odores do desejo..
Provar
o gosto da saliva,
deliciar-se
no sabor do prazer,
inebriar
no delírio do gozo.
Ouvir,
começo de tudo,
quando sua voz me diz
Eu te amo
desperta meus sentidos,
acende meu desejo,
olhos, ouvidos. nariz
boca, pele e mãos,
corpo e coração
compõe a mais bela canção
o meu canto de amor por você.
Eu te amo


Heloisa


Simplesmente Edmilson

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

A ALEGRIA DE OUVIR "EU TE AMO" - ARNEYDE T. MARCHESCHI






O amor é o maior sentimento e a maior prova da existência de Deus.
Dizer "eu te amo" é uma maneira doce, eloqüente de se demonstrar a alguém o quanto ele é querido por nós, o quanto é fundamental e essencial para a nossa vida.
Dizer "eu te amo" a um filho é infundir-lhe a certeza de que ele é parte de nós, fruto de um relacionamento de amor; é a linguagem pura de se
ensinar a uma criança a importância desse sublime sentimento.
E essa é uma forma de amor compulsivo, amor exclusivo, dominador, imperativo. Mas, qual o pai ou a mãe que ao ver seus pequeninos filhos
brincando, com a doce inocência das crianças, com aquele sorriso puro, não deixou de pensar: Ah! Se eu pudesse parar o tempo, neste momento, tê-los
somente meus, que eles não crescessem e que um dia não fossem embora!
Amar é sentir um coração pulsando mais forte e alto que o seu. É ser feliz mesmo quando um furacão passou pela sua cidade, provocando grandes estragos materiais, destruiu quase a cidade inteira, mas no meio dos escombros você
tem a mais absoluta certeza de que o furacão pode destruir tudo, menos o amor; ao contrário, o amor pode se tornar mais sólido, mais forte.
Dizer "eu te amo" é o mesmo que dizer: eu te aceito do jeitinho que você é, gorda, magra, com sua beleza, com sua feiúra, com seu corpo perfeito
ou defeituoso, porque o amor só é sentido de dentro para fora. No amor, o que conta é somente a beleza da alma, a riqueza interior; a beleza exterior se acaba com o passar dos ano, mas a beleza interior só se modifica para
melhorar, para amadurecer e é eterna.
Mas, são raras as pessoas que conseguem dizer "eu te amo" diariamente, verdadeiramente. A maioria tem vergonha de expressar um sentimento tão nobre, tão enriquecedor.
Há poucos meses, li na revista Times uma reportagem sobre o tema amor,
informando que pouquíssimas pessoas responderam que falam naturalmente que
Amam, sem envergonharem da hora ou lugar. Sessenta por cento responderam
que o faziam, enquanto estavam namorando, ou paquerando alguém, mas depois de casados não viam a razão do porquê continuar repetindo essas palavras, se já estavam casados... e que essa é uma frase feita. E o restante respondeu
que sim, pois dizer "eu te amo" é o fogo que aquece a relação, é a renovação
da vida.
Ah! Como somos egoístas! Eu, de temperamento romântico, fico enlevada quando ouço alguém dizer "eu te amo", principalmente, quando essas palavras saem do coração e que a boca foi só o instrumento usado para emitir o som.
Se analisarmos da seguinte maneira: A pessoa que noz diz "eu te amo" também não gostaria de ouvir-nos declarar-lhe o mesmo? Por que teimamos em tornar a vida cada dia mais difícil, em vez de procurarmos combater a violência no
mundo, o ódio que destrói paises inteiros, simplesmente porque nos envergonhamos de dizer "eu te amo"?
Vários cientistas depois de estudos, pesquisas e trabalhos desenvolvidos em Industrias de grande porte, observando por meses e meses os
funcionários, afirmaram que os que mais produtivos são justamente aqueles que estão amando , envolvidos na paixão, porque a certeza do amor os impulsiona como uma alavanca ao encontro da vida, porque o amor é a criatividade em sua forma mais sublime.
AMOR é uma das poucas palavras que não necessitam de dicionário para serem compreendidas; em qualquer idioma a palavra amor tem o mesmo significado, o mesmo valor, e para expressá-lo usa-se a linguagem dos olhos... a linguagem muda dos corações...
O amor nos causa reações diversas como arrepios, calor... tremores...
Entretanto, pela ausência de ouvir essas três palavrinhas mágicas podemos perder os verdadeiros valores da vida, e até a própria razão de viver, porque quem não se sente amado se sente excluído da vida, banido da sociedade, confinado a um mundo de abandono, escuridão, isolamento e solidão.
Por maior que seja a sua mágoa com alguém, procure perdoá-la, sincera e primeiramente, dentro de você, e nunca tenha vergonha de dizer às pessoas "eu te amo" enquanto elas ainda estão perto de você... depois, poderá ser tarde demais, e em lugar de você dizer sorrindo "eu te amo", você poderá estar dizendo, chorando e corroído pelo remorso que o acompanhará para sempre, como um peso em seus ombros, em sua consciência: Perdoa-me pelas vezes em que não tive a coragem de olhar nos teus olhos e simplesmente dizer
"eu te amo". Agora sei que não me ouves, mas eu quero apenas que tu saibas o quanto eu te amo...
Vamos, ainda está em tempo. Pergunte a si mesmo, agora, neste momento:
Qual foi a última vez em que eu disse "eu te amo" ao meu pai, minha mãe, meu amigo, meu filho, minha esposa, meu marido, meu sogro, minha sogra, meus avós, meus tios, primos, meu vizinho?
Corra, pode ser que você os encontre sorrindo, esperando somente para ouvi-lo dizer, sorridente e comovido: "EU TE AMO!"

http://www.vidatransparente.com.br/meus_poemas.htm

ARNEYDE T. MARCHESCHI

Linda Flor   -   by jmal

Vida seca Arneyde Marcheschi


Vida seca
Arneyde Marcheschi
 
Alma doente
vida seca
coração  carente.
 
Corpo enfraquecido
vivendo sem sentido
da vida foi brutalizado
abandonado, esquecido.
 
Vida vazia
sem amanhã
completa escuridão
sem sonhos, sem ilusão.
 
Planta sem raiz
folhas seca sem flores
terra Arida,deserta
embrutecida, cheia de dores.
 
Alma perdida
vagando na escuridão
alheia ao mundo
alheia aos sentidos
fechada no seu casulo
ignora sentimentos
não fecunda a vida.
 
Voa solitária
cabisbaixa, sem abrigo
escondida na própria sombra
sempre em cima do abismo.
 
Pranteada pelo véu negro
do abandono que cobre-lhe
o rosto envelhecido
nega os  sonhos
esconde-se da vida,
da vida bandida
onde lhe roubaram o coração
seu corpo outrora lindo
hoje esquálido
vagueia pela escuridão.
 
Seca de lágrimas
chora em surdina
desejando  a chegada
do anjo negro da norte
para conduzi-la aos
braços da paz infinita.
Já que na terra
sua alma foi cruelmente banida.




                               Poesias By Jmal

Um Beijo - odete ronchi baltazar




Um beijo

 
odeteronchibaltazar
 
 Nada faltava naquele beijo?
Tinha a cor das manhãs,
o cheiro do café coado na hora
e a maciez das cobertas em dia de frio.
Era um beijo com jeito de roubado,
presente em papel de seda embrulhado 
e muito laço de fita.
Um beijo com gosto de dia de folga,
sabor de batata frita.
Mais que um beijo,
a satisfação do desejo. 
Era mais que um toque de lábios e línguas, 
ou troca de sumos e sucos, afinal.
Era a penetração de almas em gozo.
Era puro êxtase,
tesouro precioso...
Só faltava ser real.
 
 odeteronchibaltazar


Eu sou...um louco apaixonado!
By Jmal

Súplica - odete ronchi baltazar


Súplica

 
odete ronchi baltazar
 
Deixa que te diga
da solidão que trago em meu peito,
do choro que treme à beira dos olhos,
do sorriso pintado em aquarelas,
dos adeuses que lamentei,
do meu verso já feito
e que não mostrei.
Deixa que te mostre
o meu peito doído
e as minhas mãos cansadas,
os meus sonhos quebrados
e a esperança já morta.
Deixa que te mostre
as minhas flores já secas,
os poemas inacabados
e a minha longa estrada torta.
Deixa que eu me mostre
assim frágil, chorosa.
Depois, nunca mais baterei à tua porta.

 
odete ronchi baltazar
Falei de Amor   -   By Jmal

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

QUEM É ESSE ANJO? - Autor : Ed .Cruz


                                        QUEM É ESSE ANJO?



Quem é esse anjo?
Que te conhece tanto e tão bem?
Anjo quem e você? Essa magia de luz de encanto!
Que sabe tanto de você..
Que te toca com palavras de carinhos
Que somente um anjo lindo tem!
Anjo! Essa linda luz brilhante sua que exala de você
Admito me fez feliz e acreditar mais na vida..
Que conhece de Pé e Salteados,
Sabe o que sinto,..sabe muito o que passa
Nunca se viu sempre sentiu..
E coisa de anjo mesmo! De luz de amor e alegria..
Que te ver do coração..
Na distancia que nos afasta e separa-nos nos faz ficar cada vez mais próximos
Realmente e magia angelical de luz é anjo vivo..
Encontrei um anjo que me conhece tanto..
Que me perco as palavras..
Anjo é assim mesmo
Não precisa ver! Basta sentir sua luz de magia
Sempre perto enviando luz..



                                  Aprendi com o tempo   -   N. Rogero  

A Fonte e a Flor - Cair das Folhas Vicente de Carvalho




A Fonte e a Flor - Cair das FolhasVicente de Carvalho
Deixa-me, fonte, dizia,
A flor, tonta de terror,
E a fonte, rápida e fria,
Cantava, levando a flor.

Deixa-me, deixa-me, fonte,
Dizia a flor, a chorar.
Eu fui nascida no monte,
Não me leves para o mar!

E a fonte, rápida e fria,
Com um sussurro zombador, 
por sobre a areia corria, 
Corria, levando a flor.

"Ai, balanços do meu galho,
Balanços do berço meu,
Ai, claras gotas de orvalho,
Caídas do azul do céu!"

"Carícias das brisas leves
Que abrem rasgões de luar,
Fonte, fonte, não me leves,
Não me leves para o mar!"

.........
As correntezas da vida
E os restos do meu amor
Resvalam numa descida
Como a da fonte e da flor...



Oriza Martins


Liberte-se do Medo - Nelson Mandela

Fer


Liberte-se do Medo


O nosso medo mais profundo não é o de sermos inadequados.Nosso medo mais profundo é de sermos poderosos além da medida.É nossa luz, não nossa escuridão, que mais assusta.Nós nos perguntamos: quem sou eu para ser brilhante, atraente, talentoso, fabuloso?Na verdade, quem é você para não ser?Você é uma criança do Espírito.Você, pretendendo ser pequeno não serve ao mundo.Não tem nada de iluminado no ato de se encolher para que os outros se sintam inseguros ao seu redor.Nascemos para manifestar a glória do Espírito que está dentro de nós. E a medida que deixamos nossa luz brilhar, damos permissão para os outros fazerem o mesmo. A medida que libertamos nosso medo, nossa presença libera outros.















                                   





quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Teu Frescor - Cleudson Cavalcante


Teu Frescor

-----


Pressenti tua presença
Ledo engano
Foi uma suave brisa em meu rosto
Mas tinha seu perfume...
Logo, me peguei pensando em ti
Viajando em meus sonhos
Imaginando... Parado... Adormeci...
E ao inferir
Estava em meus braços
Linda... Adormecida
Em poucos segundos percorri todo seu corpo
E você ali, suscetível
Tive medo de beijá-la
E simplesmente esperei o seu despertar
E novamente temi
Pois com o seu despertar
Eu também acordaria
Tudo era apenas um sonho lindo...
Sonho em viver essa fantasia
Para eternamente tê-la em meus braços
Sem tocá-la... Sem beijá-la
Quero sempre senti-la por perto
Mesmo que seja uma serena brisa
---

--