quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Por você. - Daniel Rosa


        

  Por você.

Quando penso em você a vida passa...
Passa a ser sonhada e assim saio voando
Entre as estrelas brilhantes do firmamento. 
É quando me sinto eternamente jovem,
Perdido em seus cabelos cores de mel
Dançando ao ritmo do seu coração 
Que jamais deixa de pulsar em minha mente.
Eu te amo! Grito no íntimo do meu quarto
Ninguém escuta, mas chamo a atenção... 
Da tempestade, da chuva, do rio, do orvalho,
Dos cômodos da minha inquieta alma.
 Lá no cantinho do meu coração silencioso
Que só sabe pensar em ti. E em ti se alimenta
Todas as manhãs e pela tarde sem fim.
É por você que escrevo esta canção.
Por você respiro todo o ar da montanha,
Subo toda serra, mergulho em alto mar,
Fico muitas noites pensando e vendo a vida passar.
Por você!

http://sitedepoesias.com





                                                        La Carta que nunca envié - poema declamado


Um comentário: