segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Beijo do Vento - Enivaldo Ramos & Lionel Ritchie - Goodbye

Beijo do Vento

                                     Enivaldo Ramos


Esta noite tive um sonho cor azul
do mar
E lá estávamos nós
A beira mar, sentados,calados
Num porto distante daqui
Onde o vento beijava-nos a face
E os barcos aqui e acolá
transitavam em um desfile
sem pararEra lá, o momento 
sublimedo novo recomeçar
Era lá, o momento de amar
Amar esse que palavras
não mais poderiam expressar
Era um instante
Uma pausa no tempo
Onde o vento trazia novo alento
E a esperança neste novo recomeçar
                                          Lionel Ritchie  -  Goodbye

Pedaço de Meu Mundo Gilberto Brandão Marcon & Lionel Ritchie - Easy


Pedaço de Meu Mundo



Quando sua face se refletir 
no espelho d’águairá vê-la límpida, refletindo seus claros sentimentos. Verá que a luz dos seus olhos roubará o brilho d’água. Água e mulher, um único ser, a fonte, a nascente, a origem. O néctar, a essência rara que habita a lembrança. Sua presença será leve,como se seu corpo não tivesse peso. Caminhará suave como o veleiroa deslizar em mar calmo. Será as flores da primavera,  as brisas do outono.O sol do verão.  O silêncio do inverno. Essência da vida, a pulsar de seu suave coração,que em sua batida rítmica haverá de encantar.  Por isso haverá de gerar,   de constituir-se em nascimento e crescer sob o calor do seu olhar.  Energia plena que emoldura o mundo .  Poderei observá-la em silêncio e lhe desejarei com pudor.  E você se encantará com meu olhar de menino.  E espreitará repousar no ninho de meu coração.  Ali, então, fará morada. Ali será seu abrigo seguro,seu pedacinho do mundo e o seu todo  .E então se fará deusa,mito unitário de si, para ser adorada pela fé que tenho em mim.  E será minha fonte de água pura,líquido a saciar e fertilizar o meu deserto.  E lhe mostrarei ser menino, mas maduro.  E então, para minha surpresa,também lhe reconhecerei criança,pois a mulher pareceguardar a juventude,parece ocultar o segredo de amar a vida.  Tem em seu ser algoque promete eternidade,e nisto não me apego se é sonho ou ilusão,sei que fecho os olhos, que guardo a sua imagem,que me encanto com sua feminilidade.  E que, nesse instante,sou plenamente feliz.

                                     Lionel Ritchie  -  Easy



domingo, 30 de outubro de 2011

O amor só é lindo... Mário Quintana & Fabio Junior - sem Limite pra sonhar


O amor só é lindo...




"O amor só é lindo, 
quando encontramos 
alguém que nos transforme no melhor 
que podemos ser."
"Amor é quando a paixão não tem 
outro compromisso marcado;
Ansiedade é quando sempre faltam 
muitos minutos para o que quer que seja"
Espalhe que o amor não é banal. 
E que, embora estejam distorcendo 
sentido verdadeiro dele nos tempos
 modernos de hoje, ele existe e é 
o ingrediente mais importante da vida, 
a própria porção mágica da Felicidade".
Menino...desejo seus desejos
como meus desejos...!!!!!

Mário Quintana




                                   Fabio Junior - sem Limite pra sonhar

sábado, 29 de outubro de 2011

ETERNA BUSCA…Nancy moisés


 
ETERNA BUSCA…


Eterno são os pensamentos,
De uma alma que se busca o aconchego do carinho,
Afago de uma mão,
Calor de uma palavra e o suspiro de um coração partido.
Ideal de romance talvez ironizado, provocante,
De encontros numa procura encantada,
Pelo tempo perdido e porque não por uma vida de busca.

                                                                 Nancy moisés

So Você.. (Saudades) Bruno Silvano


So Você.. (Saudades)


Sinto saudade dos velhos tempos
Da vida que tivemos
Dos belos momentos
Sinto saudade de quando curtíamos
De quando nos amávamos
De quando saiamos
Sinto falta de você ao meu lado
Dos dia, das horas, dos ditados
Das manias que tiveste
Dos lugares que estivesse
Sinto falto do seu beijo do seu olhar
Da sua boca, do seu carinho
Do seu jeito de me consolar, do seu jeito de me amar
Tenho saudades de quando corríamos a beira do mar
Procurando encontrar um jeito ideal de se amar
Das brincadeiras, das intimidades.
Das felicidades, que apenas você saberia me proporcionar
Sinto falta de quando fugíamos juntos
Procurando um lugar onde poderíamos ficar
Se ver... Se encontrar
Sinto saudades de quando dissemos “sim”
E juremos um amor sem fim...
Sinto falta da adrenalina, da emoção.
Dos sentimentos... do seu coração
Sinto falta de sonhar
E poder acordar ao seu lado, poder te amar...
Bruno P. Silvano





quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Olhe... autor desconhecido & PG - Meu universo

                                            Olhe...


               Olhe para träs!
               Veja os obstáculos que você ja superou.
               Veja quanto você ja aprendeu nesta
                vida, e quanto já cresceu .



                 Olhe para frente!  
                  Não fique parado, levante-se
                  quando tropecar e cair.
                  Estabeleca meta, tenha planos e  
                   prossiga com firmeza.



                   Olhe para dentro!
                   Conheca seu coracão 
                   e analise  seus projetos,
                   Mantenha puros seus sentimentos.
                   Não deixe que o orgulho, 
a vaidade e   
                    inveja,dominem seus pensamentos e seu coracão.

                    


                    Olhe para o lado!
                    Socorra quem precisa de você.
                    Ame o próximo e seja sensivel para 
                    perceber as necessidades daqueles que o cercam.


                         


                    Olhe para baixo!
                    Não pise em ninguém...
                    Perceba as pequenas coisas, 

                    e aprenda  a valorizá-las.


                    

                    Olhe para cima!
                    Há um Deus maior do que você ,
                    Que te ama muito, e tem todas as
                    coisas sob seu controle.




                   Olhe para Deus!

                   Perceba a profundidade, a riqueza
                   e o poder da bondade divina.
                   Sinta esse Deus que olha por você
                   em todos os dias da sua vida!



     
                                            Autor Desconhecido
                                    http://www.estrelar13.com/olhe.htm

                                       Meu Universo  -  PG


               


Vem Comigo - Ana Amelia Donádio & All out of love - Air Supply


Vem comigoAna Amélia Donádio


Dá-me tua mão
e um passo em minha direção.
A noite nos convida a passear
e a lua promete nossos momentos brindar.



Vem comigo!
Deixa-me acender as luzes do teu coração
para refletir no teu olhar o sabor da paixão.
Tocarei a mais bela estrela cadente
ao sentir teus lábios nos meus ardentemente.


Deixa-me envolver-te em lençóis de ternura,
que para ti foram perfumados com doçura.
 Sentir tua presença sempre junto a mim,
amarrada docemente com fitas de cetim.







All out of loveAir Supply
I am lying alone with my head on the phone
Thinking of you till it hurts
I know you hurt too but what else can we do
Tormented and torn apart
I wish I could carry your smile in my heart
For times when my life seems so low
It would make me believe what tomorrow could bring
When today doesn't really know, doesn't really know
I'm all out of love, I'm so lost without you
I know you were right, believing for so long
I'm all out of love, what am I without you
I can't be too late to say
I was so wrong
I want you to come back to carry me home
Away from this long lonely night
I'm reaching for you, are you feeling it too
Does the feeling seem oh, so right
And what would you say if I called on you now
And said that I can't hold on?
There's no easy way, it gets harder each day
Please love me or I'll be gone, I'll be gone
I'm all out of love, I'm so lost without you
I know you were right, believing for so long
I'm all out of love, what am I without you
I can't be too late to say
I was so wrong
Ooh, what are you thinking of
What are you thinking of
What are you thinking of
what are you thinking of
I'm all out of love, I'm so lost without you
I know you were right, believing for so long
I'm all out of love, what am I without you
I can't be too late to say
I was so wrong



Estou totalmente sem amorAir Supply
Estou sozinho com minha cabeça deitada no telefone,
Pensando em você que magoou.
Eu sei que você se magoou também,
porém o que mais podemos fazer,
Atormentados e separados?
Eu queria poder levar seu sorriso dentro do meu coração
Pelos dias que minha vida parecer deprimente.
Isso me faria acreditar no que poderia trazer o amanhã
O que por enquanto o hoje não sabe, realmente não sabe.
Estou totalmente sem amor, estou perdido sem você.
Eu entendo que você estava certa,
 acreditando todo o tempo.
Estou totalmente sem amor, o que sou eu sem você?
Não pode ser tarde demais para mim dizer [que]
Eu estava errado.
Eu quero que você volte e me leve para casa,
Longe desta noite longa e solitária.
Estou procurando por você, você sente isso também?
A sensação parece ser tão correta
O que você diria se eu te ligasse agora,
E dissesse que não posso continuar assim?
Não existe um jeito fácil, mais difícil fica a cada dia,
Por favor, me ame ou estarei perdido, eu estarei perdido.
Estou totalmente sem amor, estou tão perdido sem você.
Eu entendo que você estava certa,
 acreditando o tempo todo.
Estou totalmente sem amor, o que sou eu sem você?
Não pode ser tarde demais para mim dizer [que]
Eu estava tão errado.
Ooh, no que você está pensando?
No que você está pensando?
No que você está pensando?
No que você está pensando?
Estou totalmente sem amor, estou tão perdido sem você.
Eu entendo que você estava certa,
 acreditando o tempo todo.
Estou totalmente sem amor, o que sou eu sem você?
Não pode ser tarde demais para mim dizer [que]
Eu estava tão errado.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Poema Triste Pablo Neruda & Olhos nos olhos - Maria Bethania

Poema TristePablo Neruda


Posso escrever os versos mais tristes esta noite
Escrever por exemplo:
A noite está fria e tirintam, azuis, os astros à distância
Gira o vento da noite pelo céu e canta
Posso escrever os versos mais tristes esta noite
Eu a quis e por vezes ela também me quis
Em noites como esta, apertei-a em meus braços
Beijei-a tantas vezes sob o céu infinito
Ela me quis e as vezes eu também a queria
Como não ter amado seus grandes olhos fixos ?
Posso escrever os versos mais lindos esta noite
Pensar que não a tenho
Sentir que já a perdi
Ouvir a noite imensa mais profunda sem ela
E cai o verso na alma como orvalho no trigo
Que importa se não pode o meu amor guardá-la ?
A noite está estrelada e ela não está comigo
Isso é tudo
A distância alguém canta. A distância
Minha alma se exaspera por havê-la perdido
Para tê-la mais perto meu olhar a procura
Meu coração procura-a, ela não está comigo
A mesma noite faz brancas as mesmas árvores
Já não somos os mesmos que antes havíamos sido
Já não a quero, é certo 


Porém quanto a queria !
A minha voz no vento ia tocar-lhe o ouvido
De outro. será de outro
Como antes de meus beijos
Sua voz, seu corpo claro, seus olhos infinitos
Já não a quero, é certo,
Porém talvez a queira
Ah ! é tão curto o amor, tão demorado o olvido
Porque em noites como esta
Eu a apertei em meus braços,
Minha alma se exaspera por havê-la perdido
Mesmo que seja a última esta dor que me causa
E estes versos os últimos que eu lhe tenha escrito.





http://www.laurapoesias.com
                                        Olhos nos olhos  -  Maria Bethania

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Não fique triste! -O Monge<<>>Psicografia:Maju & Caio Mesquita

 Não fique triste!
Olhe a Luz que brilha dentro de ti... 


Chega um tempo ou um momento em que o Riacho encontra as Pedras...
Ele ganha forças pela continuidade das águas que precisam evadir-se e cresce,
 forçando o escoamento do volume de suas águas.  
 Mas a Pedra é firme e nem sempre, como os seixos,
que se tornaram polidos para suavizar o leito por onde ele corre.

 O que deverá reconhecer o humilde Riacho,
que não dispõe da impetuosidade do caudaloso rio, ou das ondas do mar?
Desviar o seu rumo, contornar o obstáculo, deixando-a ali fixada,
sem pretender derrubá-la, pois alcançará mais cedo o tranqüilo lago...  

 Sejam conscientes se não possuis a impetuosidade dos grandes rios.
 Acreditem no tempo desperdiçado em polir pedras
 que nunca se tornarão seixos delicados.
Nunca o contornar um obstáculo desmereceu um Riacho.
Ao contrário, ele ganhou tempo no desfrute da Paz e da Harmonia,
no seio do lago tranqüilo onde foi deleitar-se...  
Caio Mesquita 

Sonhos de Amor no Outono... Oriza Martin & Peppino Di Capri - Champagne

Sonhos de Amor no Outono...
Folhas de outono…
…a cair, displicentes, pelo chão,
Como os sonhos que se foram,
Levando tuas lembranças,
Pra bem longe, em dispersão,
Deixando ao desamparo
Um amargo coração…
Folhas de outono…
Vocês se vão… já tiveram
Um papel na natureza,
E ainda continuam
A espalhar tanta beleza…
Mas meus sonhos, insensatos,
Mal cumprindo seu papel,
Abandonam-me à tristeza,
Se esparramam com o vento,
Arrastando a esperança,
Espalhando a incerteza…

Folhas de outono…
… que em ciclos voltarão,
No vai-e-vem das estações,
Em divinas produções,
Noutros toques de magia,
Em meigas transformações…
Oriza Martin



E meus sonhos?…

Se os meus sonhos…
…quem me dera…
Retornassem a meu viver,
Como as folhas de outono
E as cores da primavera…
Se... em meu outono interior,
Os sonhos reacendessem
As chamas de outrora, amor...
Certamente, então, fariam
Um milagre acontecer:
Renascerem minhas crenças,
Cessar o meu padecer… 



                                      Chanpagne -  Peppino Di Capri



 

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Reviver - Golden & video faz amor comigo




Revivo em silêncio,
doces despedidas.
Perdidas nos tempos
e estradas da vida.


Relembro palavras,
de fé e de calma,
carinhos, doçuras,
calando na alma.
Envolvendo meus braços,
os teus, calor que senti.
Aquecendo meus lábios,
beijos, tantos, que tremi.

Olhar, que o meu refletiu.
Pensar, que ao meu se fundiu.

Momentos tão nossos,
encantos e votos,
fizeram-se meus,
como se em mim coubessem,
teus cânticos roucos,
teus desejos loucos,
que eram tão meus,
como se em mim vivessem.

Repasso, em curtos flashes,
tão pouco foi, tanto se tornou,
em mim, fizeram-se raízes,
profundas, lembrança que restou,
de outros tempos mais felizes.
Hoje, não mais me aqueces.

Nem teus lábios mais me tocam,
ou sequer meu nome, pronuncias,
não carregam ecos os ventos,
apenas minhas memórias provocam,
envolto em silêncio, noites frias,
imagens de tí, fixos pensamentos.

Golden


Faz amor comigo